16 de outubro de 2014

Lutar não é crime: em defesa de Nicolas Pacheco












No próximo dia 22, o lançamento do comitê "Lutar não é crime" iniciará uma campanha em defesa do estudante Nicolas Pacheco, preso injustamente em um ato contra a privatização do Hospital de Clínicas do Paraná no dia 28 de agosto.

Em 28 de agosto, o estudante Lucas Pacheco participou de um importante ato contra a privatização do Hospital de Clínicas do Paraná. Pouco antes da polícia atacar os estudantes e trabalhadores da Universidade com bombas de gás lacrimogêneo, Nicolas foi preso "de costas", sem ter atacado ou ofendido ninguém, feito de bode expiatório para passar a imagem de que os manifestantes eram criminosos e desordeiros.

Desde então, o Sinditest e as entidades da Frente de luta "Para não perder do HC" estão organizando um comitê para pressionar para que seu processo seja arquivado, já que ele pode inclusive chegar a ser preso e ter dificuldades para encontrar emprego. 

O lançamento será no próximo dia dia 22 de outubro, às 11h00 no pátio da Reitoria da UFPR, e é aberto para participação de todas e todos.

Lutar não é crime!

Compartilhe o evento do Facebook: https://www.facebook.com/events/787453934647004/


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui a sua opinião!

Marcadores