15 de setembro de 2014

Somos contra os despejos e reintegrações de posse que atingem moradores de São José dos Pinhais

PSTU de Curitiba
Moradores acampados no Fórum
Centenas de famílias que vivem em São José dos Pinhais (SJP) não conseguem dormir tranquilas ha muitos anos, mas a situação ficou mais grave nas últimas semanas, devido aos despejos e reintegrações de posse que estão ocorrendo.

Essas famílias estão acampadas em frente ao Fórum de SJP para defender as suas casas. Esses trabalhadores vivem nesses terrenos há cerca de 20 anos, aí construíram suas casas e criaram seus filhos. As imobiliárias que fizeram os loteamentos e parcelaram a compra dos terrenos na época em 150 vezes, passaram a cobrar juros abusivos que deixou a maioria dos trabalhadores em situação difícil, os reajustes à juros altos fez com que a maioria não pudesse seguir pagando as prestações.

Os empresários donos das imobiliárias entraram na justiça e estão conseguindo as reintegrações de posse. Diversas famílias já foram colocadas na rua sob a violência policial do Estado sem ter para onde ir. Essa situação revela de que lado estão os políticos, os governantes e também a justiça. Enquanto os donos das imobiliárias são favorecidos os trabalhadores amargam a triste situação de perder o seu teto após anos vivendo nessas casas.
Luta por Moradia em São José dos Pinhais
Sabemos que milhões de brasileiros vivem em situação de pobreza e miséria, passam fome, frio e não tem um teto para se abrigar. Ficamos revoltados em ver a nossa classe nesta situação, mais revoltados ao ver os trabalhadores serem tratados desta forma pelos governantes e pela justiça. Por isso, somos solidários a luta desses moradores que defendem o seu teto, ao mesmo tempo somos contrários as reintegrações de posse que estão ocorrendo.

Exigimos que o prefeito de São José dos Pinhais e o governador Beto Richa impeçam os despejos já! Esses terrenos e essas casas pertencem aos trabalhadores que vivem aí ha muitos anos, o Estado deve garantir que todas elas permaneçam nesses terrenos. Não podemos aceitar as decisões judiciais a favor dos empresários donos das imobiliárias, elas não são justas porque favorecem uma minoria  enquanto sacrifica a maioria, mais do que isso, favorece aqueles que vivem da especulação imobiliária. Temos certeza que esses senhores não sabem as dificuldades que o povo pobre e trabalhador passa dia a dia, eles vivem em casas (mansões) confortáveis e seguras.

Para que esta luta seja vitoriosa só existe um caminho. É preciso cercar de solidariedade os moradores e intensificar a mobilização contra os governos e a justiça. Essa luta precisa ter maior visibilidade e deve ser ampliada. Chamamos todas as organizações políticas, sindicais e de direitos humanos a cercar de apoio esses trabalhadores que sofrem com esta situação. O prefeito de SJP e o governador devem ser responsabilizados, sem isso a justiça continuará do lado dos proprietários das imobiliárias.

Nosso partido está disposto a apoiar a resistência dos moradores. Faremos o que estiver ao nosso alcance para cercar de solidariedade essa luta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui a sua opinião!

Marcadores