8 de junho de 2013

Na próxima terça, tem programa do PSTU no rádio e TV

Em meio à preparação da Copa, o PSTU vai à TV dizer: torço por um Brasil justo e soberano

Em meio aos preparativos da Copa do Mundo no Brasil, momento em que o ufanismo é insuflado para passar a idéia de que está tudo bem e esconder as mazelas sociais, o PSTU dedica seu programa semestral para dizer: vamos torcer pela seleção, mas também por um Brasil mais justo e soberano.

O programa, que vai ao ar no dia 11 de junho às 20h30 na TV (20h no rádio), vai mostrar que, apesar do tom otimista que cerca a preparação dos grandes eventos no país, o Brasil continua um dos países mais desiguais do mundo, os serviços públicos permanecem à míngua e os nossos recursos seguem sendo entregues ao capital estrangeiro, como é o caso do leilão do petróleo e a desnacionalização da Petrobrás.

“Tem dinheiro para a Copa, para os estádios, mas não tem dinheiro para saúde e educação públicas, você acha isso justo?”, questionará a professora Amanda Gurgel, a vereadora mais bem votada da história de Natal. A privatização do Maracanã logo após a reforma que consumiu mais de R$ 1 bilhão em recursos públicos, é outro exemplo que será lembrado no programa do PSTU para mostrar que, no governo do PT, as grandes empresas continuam lucrando como nunca às custas dos recursos públicos.

O PSTU vai denunciar ainda, em cadeia nacional de rádio e televisão, esse modelo de crescimento econômico imposto pelo governo que, em Jirau e Belo Monte, por exemplo, destina milhões às empreiteiras enquanto os operários sobrevivem com salários de fome e são reprimidos pela Força Nacional quando fazem greve.
Alem da professora Amanda Gurgel, o programa traz o presidente nacional do PSTU, Zé Maria, além do operário da construção civil eleito vereador em Belém pelo partido, Cleber Rabelo.

Programa semestral do PSTU
Data: 11/06/13 - terça-feira
Horários
  • Rádio: 20h00
  • Televisão: 20h30

Participe do evento no Facebook: PSTU na TV

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui a sua opinião!

Marcadores