12 de março de 2012

URGENTE: Possível ação de despejo de 600 famílias na região do Sabará


Cerca de 600 famílias ocupam desde o dia 18 de fevereiro uma área localizada na região do Sabará. No fim da tarde de hoje, 11/03, os moradores do local, após a realização de uma ampla assembleia que discutiu os rumos do movimento, foram surpreendidos com a notícia de que poderiam ser despejados pela Polícia Militar durante a madrugada. Trata-se de uma ação que visa colocar numa situação ainda mais precária centenas de trabalhadores que não possuem um teto para morar.
O Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado tem prestado assistência jurídica aos moradores que buscam abrir um canal de negociação, como forma de evitar a ação de despejo por parte da prefeitura. É importante frisar que na área existem mais de 300 crianças que podem ser vítimas da violência policial de despejo. Até agora as autoridades municipais e estaduais não apresentaram nenhuma alternativa de negociação e a possibilidade de uma intervenção policial pode ter consequências desastrosas para o conjunto dos moradores. É necessário intensificar o diálogo entre os moradores, a prefeitura municipal e o governo estadual para que se consiga chegar a uma solução pacífica para o impasse.
Cabe destacar que a área em questão estava abandonada há cerca de 30 anos, sem nenhum tipo de planejamento por parte do poder público para a sua utilização. 
Convocamos todas as organizações que lutam em defesa dos trabalhadores a prestar solidariedade às famílias que passam por este difícil momento e a se somarem na luta em defesa de condições dignas de vida e contra qualquer ação de despejo que possa ocorrer na região do Sabará.

PSTU - Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado
Contatos:
Avanilson: 9839-9416
Marcello: 9600-2745

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui a sua opinião!

Marcadores