12 de março de 2012

GOVERNOS RICHA (PSDB) E DUCCI (PSB) PROMOVEM DESPEJO DE CENTENAS DE TRABALHADORES NO SABARÁ/CIC, EM CURITIBA


Policia Militar e Guarda Municipal cumprem
ação de despejo no Sabará/CIC a mando dos
governos PSDB/PSB
Foto: Marcelo Borges - Banda B
Na madrugada de hoje (12/03), cerca de 400 soldados da Polícia Militar do Paraná, além da Guarda Municipal de Curitiba, iniciaram um processo de despejo de cerca de 600 famílias que ocupam, desde o dia 18 de fevereiro, uma área localizada na região do Sabará - na Cidade Industrial de Curitiba (CIC). Segundo a  prefeitura, a região pertence à empresa de economia mista Curitiba S.A., porém, a área, de aproximadamente de 100 mil metros quadrados, estava abandonada pelo poder público municipal havia 30 anos, sem nenhum tipo de planejamento para sua utilização através da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab). 

A ação da Polícia Militar paranaense é de inteira responsabilidade do governador Beto Richa (PSDB) e do prefeito Luciano Ducci (PSB), que, ao invés de apresentarem soluções de moradia digna ao povo trabalhador, atuam com violência policial, criminalizando o povo pobre. Definitivamente, trata-se de uma ação que visa colocar numa situação ainda mais precária centenas de trabalhadores que não possuem um teto para morar e que lutam por condições dignas de vida.

Na tarde de domingo, 11/03, os moradores da região do Sabará/CIC realizaram uma ampla assembleia para organizar os rumos do movimento. Desde a noite de domingo e durante toda a madrugada de hoje, os moradores estiveram sob a ameaça do cumprimento da ordem de despejo que se iniciou na manhã desta segunda-feira, 12/03. A exemplo do que ocorreu na ocupação do Pinheirinho em São José dos Campos (SP), a política do PSDB se repete em Curitiba, numa região da cidade completamente desassistida pelo poder público, sem educação e saúde de qualidade, sem planejamento de ocupação urbana do local, sem investimentos em infra-estrutura. O que se vê é mais uma ação policial que trata os trabalhadores como criminosos, sendo desalojados de suas casas, sem nenhuma política de destinação de casas às famílias através da Cohab.

Os moradores do local estão sendo desalojados de suas casas neste momento. Cerca de 300 crianças estão sendo vítimas de mais uma política policial do PSDB/PSB que, ao invés de investir em educação, saúde e moradia de qualidade, atua de modo truculento, despejando-os de suas casas e oferecendo-lhes uma condição de vida ainda mais precária.

O PSTU tem acompanhado todo o processo de ocupação e, agora, de despejo das famílias, prestando assistência jurídica aos moradores que buscam abrir um canal de negociação com o poder público municipal e estadual. Até agora as autoridades municipais e estaduais não apresentaram nenhuma alternativa de negociação e a intervenção policial terá consequências desastrosas para o conjunto dos moradores. 

Convocamos todas as organizações, movimentos e partidos que lutam em defesa dos trabalhadores a prestar solidariedade às famílias que estão sendo desalojadas de suas casas e a se somarem na luta em defesa destas famílias que buscam condições dignas de vida e moradia.

PSTU - Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado
Maiores informações:
Avanilson Araújo, fone: (41) 9839-9416

2 comentários:

  1. Tem tudo que se foder mesmo! Querem casa, comida, dinheiro tudo facil, não é por ai não. Se quer TRABALHE se esforce, nada vem nas mãos de graça. Sou a favor do despejo, que se foda se nao tem lugar pra morar, hj em dia ta tao facil comprar casas ou apartamentos, porque não compram?? Porque ja ganham tudo isso do governo. bando de folgado!

    ResponderExcluir
  2. Com que tipo de TRABALHO os especuladores imobiliários estão contribuindo como a sociedade? Ora, nenhum! Vivem a consumir os produtos do trabalho alheio sem nada produzir, porque conseguem obter sua renda dos aluguéis e da valorização se seus imóveis. Isso enquanto milhões de pessoas são obrigadas a trabalhar até morrer, pois não conseguem se sustentar com suas aposentadorias.
    Todo apoio aos sem teto! Que os poderosos temam a abolição da propriedade privada, porque ela já está abolida para nove décimos da população!

    ResponderExcluir

Deixe aqui a sua opinião!

Marcadores