27 de março de 2012

Deu na Imprensa: Avanilson Araújo diz que está pronto para ser prefeito de Curitiba

Avanilson Araújo retorna à cena política em 2012

(Por Elizabete Castro) 

Enquanto o PT discute se apóia o ex-deputado Gustavo Fruet (PDT) ou lança candidato próprio, o PSDB e o PSB se preparam para tentar a reeleição do prefeito Luciano Ducci, e o deputado federal Ratinho Junior (PSC) se lança em candidatura solo, o PSTU e o PSOL também traçam seus planos para as eleições de 2012. As direções e militâncias dos dois partidos cogitam formar o que definem como uma frente de esquerda para entrar na disputa. O advogado Avanilson Araújo, que se destacou na campanha eleitoral de 2010 com uma proposta de ressuscitar o Banestado, está pronto para concorrer. Ele transferiu seu titulo eleitoral de Maringá para Curitiba como parte do projeto do PSTU de melhorar o desempenho na capital. Araújo fez cerca de 4 041 votos para o governo, o correspondente a 0,07% do total do estado, mas para o PSTU foi uma performance acima da media. “O nosso balanço é que conseguimos ocupar um espaço à esquerda que pode nos levar a conquistar uma vaga de vereador em Curitiba”, disse Araújo. O ex-candidato ao governo acredita que a possibilidade de um acordo entre o PT e o ex-deputado Gustavo Fruet deixa uma brecha para o crescimento do PSOL e PSTU em 2012.”Esse acordo, se sair, sinaliza que pode ficar um campo vago, um espaço à esquerda, que nós vamos ocupar”, avaliou. PSTU e PSOL ainda não chegaram a um acordo sobre a formação da Frente. Se não houver entendimento, o primeiro vai com Araújo e o PSOL reedita a candidatura de Bruno Meirinho, que ficou conhecido em 2010 com o bordão “Uma cidade sem catracas”. Meirinho, inclusive, já marcou para a próxima quinta-feira o lançamento de sua pré-candidatura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui a sua opinião!

Marcadores