14 de junho de 2011

Curitiba: PSTU apoia greve dos metalúrgicos da Volks

Leia nota divulgada pelo partido nesse último dia 7



PSTU-CURITIBA


• A greve dos metalúrgicos da Volks na região metropolitana de Curitiba chegou ao 34º dia. A empresa se mantém intransigente e não aceita a reivindicação dos trabalhadores, que querem 12 mil reais de PLR, dividido em duas parcelas de 6 mil reais. Outra reivindicação importante destes trabalhadores é com relação ao não desconto dos dias parados.

Apoiamos integralmente a reivindicação destes metalúrgicos e oferecemos a nossa mais ampla solidariedade de classe. Nos colocamos a disposição para ajudar agrupar as organizações e partidos que defendem os trabalhadores numa campanha para cercar de apoio e solidariedade a greve dos operários da Volks. Acreditamos que esta iniciativa poderia dar mais força a esta luta tão importante que está sendo travada. Todo apoio e ajuda que o sindicato dos metalúrgicos precisar poderá contar com o nosso esforço. Caso o sindicato dos metalúrgicos avalie necessário, as organizações dos trabalhadores devem se colocar a ajudar na construção de um fundo de greve capaz de dar suporte a esta luta.

Desde o início da crise econômica em 2008 – 2009, assistimos à política dos governos federal e estadual de dar inúmeros incentivos as montadoras. A produção e os lucros destas empresas só aumentaram de lá para cá, apoiadas nas isenções de impostos e na super exploração dos trabalhadores.

Agora vemos a inflação corroer os salários do conjunto do povo assalariado, com o aumento absurdo do preço dos alimentos, combustíveis, da casa própria e das tarifas de transporte e serviços. Ao mesmo tempo, ficamos indignados quando vemos o pífio aumento de apenas 6% que os parlamentares concederam ao salário mínimo, enquanto os seus próprios salários e do presidente Dilma aumentaram em 62% e 134% respectivamente. Por isso entendemos que os governos e parlamentares também são responsáveis pela situação que enfrentam estes trabalhadores, porque só favoreceram as grandes empresas e a si próprios.

Curitiba, 07 de junho de 2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui a sua opinião!

Marcadores